Deliver To Track Your Order Memebrs' Area
Search

 
Bem vindo. Obrigado por visitar o nosso site dedicado à Ilha da Madeira
 

Santana - Casa tí­picas




Cristiano Ronaldo
visite o site

 




Gastronomia

A Madeira, sempre foi rica em doçaria. A «conserva» de frutos conseguida pelo uso das caldas de açúcar foi muito explorada e chegou quase até aos nossos dias. O herdeiro mais remoto da doçaria local é o chamado «bolo de mel», tradicionalmente ligado ao Natal insular. Este bolo, muito rico e variado de ingredientes, dos quais se destacam o mel de cana e as variadas «especiarias» vindas da Índia, parece ter a sua origem após a descoberta da Índia pelos portugueses e, portanto, depois da "descoberta" das especiarias orientais. Diz-se ainda que foi uma adaptação da receita do "Christmas pudding" trazido para a Madeira pelos turistas e residentes ingleses.

Entre outros comeres de enraizada confecção local, apontamos a "espetada" de carne de vaca em espeto de louro e o bolo do caco, que estão associados às festas populares, mais conhecidas por "arraiais", pois era comida confeccionada de improviso no próprio local. Há também o pão caseiro amassado com batata doce, o cus-cus (também de fabrico caseiro), a carne de vinho-e-alhos (carne de porco marinada), o milho frito, que em geral acompanha os bifes de atum e ainda os deliciosos filetes de espada. O peixe-espada preto vive entre os 800 e os 1600 metros de profundidade, é de um paladar delicioso, e é apenas pescado na Madeira, alguns centros piscatórios de Portugal continental (como Sesimbra e Peniche) e no Japão.

Quanto a bebidas, para além dos já celebres vinhos da Madeira, que podem ser bebidos como aperitivos ou com o café, há os sumos de frutas de paladares exóticos, como seja o maracujá, ou ainda a afamada "poncha", feita com aguardente de cana, mel de cana e limão.

fonte: tourmadeira.com (adaptação)


voltar
 

 
©2006 Madeira Island ws
Shopping Cart